A oração é um meio para alcançarmos a intimidade com Deus

saiba como é importante a intimidade com Deus na vida de um filho da cruzA oração para um filho da cruz não é um fim em si, um simples cumprir de regras para dizer que observamos o nosso dever do dia, diferente disto, a oração é um meio para alcançarmos a intimidade com Deus.

Segundo nossa patrona Santa Teresa de Jesus, a oração é a porta para entrar no castelo onde mora o Rei. Portanto, buscamos através da vida de oração ter um encontro de Verdades:  a Suma Verdade, que é Deus, que encontra a nossa verdade e vai desvendando este mistério aos poucos para nós. Neste espaço sagrado, que é a intimidade com Deus, buscamos a união de vontades, configurar os nossos desejos, projetos e sonhos ao que Deus quer, à Sua Vontade.

Para nós, a intimidade com Deus é um lugar onde podemos entrar, onde devemos “tirar as sandálias” despojarmo-nos do nosso orgulho, nosso eu e deixar Deus ser o centro. É onde alimentamos nossa vida espiritual, a fim de que possa crescer o homem interior “à estatura de Cristo”. Como diz Santo Agostinho, a oração é alimento da alma, assim como o corpo não pode se sustentar sem o alimento, assim sem a oração não se pode conservar a vida da alma.

Ao despertar, rezamos o oferecimento diário, pedindo a graça e a sabedoria para sermos verdadeiros filhos da cruz, para que possamos viver com amor cada martírio que se apresentar.

Tanto a pertença de Vida como a de Aliança vivem as mesmas regras de oração, entretanto, a primeira tem um horário fixo na parte da manhã e a segunda busca adequar à sua rotina. Tomamos o pão da Palavra com a lectio divina ou leitura orante, momento em que Deus se revela e orienta a partir das leituras do dia, em comunhão com a Igreja Suplicamos, louvamos, pedimos perdão e uma nova efusão do Espírito Santo na oração pessoal, momento de apresentar ao Senhor nosso “eu” mais profundo e escutar Sua resposta, ainda que no silêncio muitas vezes.

Aprofundamos nossa relação de filhos e escravos de Maria através do Santo Rosário e encerramos cada “hoje” consagrando nossa noite ao Sagrado Coração, pedindo que o Espírito Santo restaure nossas forças no descanso e mesmo dormindo “alimente em meu coração a chama do Amor Apaixonado”.

Não podemos esquecer do nosso encontro com Jesus Eucarístico através da adoração, onde “somos plasmados naquilo que Deus sonhou”, onde a ação continuada da graça vai formando o homem novo, à Sua imagem e semelhança.

Compreendemos que a intimidade com Deus é essencial para que o carisma Filhos da Cruz possa ser sempre revigorado, segundo nosso Fundador “neste espaço sagrado, é o Senhor mesmo quem vai enchendo novamente o frasco com seu perfume”. Somos chamados a exalar no mundo o perfume de Cristo e somente criando uma relação de amor, confiança e intimidade com Ele isto será possível.

Cristine Hoffmann

Consagrada

 

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.